Menu

Casca interna da romã para Alzheimer


Um estudo realizado pela ESALQ da USP de Piracicaba com a pesquisadora Maressa Caldeira , a casca da romã pode prevenir ou reduzir o risco de doenças crônicas não transmissíveis como por exemplo a doença de Alzheimer.
A casca da romã é uma fonte de compostos bioativos
O estudo foi realizado com animais e os resultados promoveram uma melhoria da memória e também uma manutenção da mesma em relação aos animais que não consumiam esta casca. houve também uma redução no índice de inflamação de stress oxidativo e marcadores da doença de Alzheimer.
O estudo foi realizado através do extrato, por não possuir um gosto atrativo aos animais

Outros benefícios da casca de romã

Segundo o livro Saúde pelas plantas, as cascas são utilizadas em chás contra a diarreia
Algumas pessoas, socam, trituram estas cascas internas, cobrindo-as com água fria e tomam pela manhã em jejum para acabar com vermes intestinais.
A casca da romã mostrou eficiência em infecções de garganta