Menu

O uso do Hibisco na prevenção do envelhecimento

A bebida que contém em sua composição substancias antioxidantes é o chá de hibisco. Uma planta pertencente à família botânica Malvaceae, o Hibiscus sabdariffa L., nativo dos continentes asiático e africano, mas que se adaptou as condições climáticas brasileiras, sendo cultivadas em jardins residenciais e nas diversas regiões do pais. Conhecida popularmente no Brasil como “vinagreira”, possui na sua composição flavonoides e ácidos orgânicos, que contribuem ativamente para a saúde e atuam de forma positiva no envelhecimento cutâneo (MUKHTAR, 2007).

Tratando-se de um poderoso antioxidante, o extrato aquoso obtido pela infusão das flores do hibisco, na forma de chá, possui em sua composição compostos fenólicos, como as antocianinas que são pigmentos vegetais, responsáveis por dar variedades de cores as plantas e frutos. São responsáveis nas flores por proteger contra a luz UV, agindo como um filtro e melhorando o processo da fotossíntese e de extrema importância na dieta humana, uma vez que atua na prevenção de doenças cardíacas, neoplasias, doenças neurodegenerativas e combate aos radicais livres, grande responsável pelo envelhecimento cutâneo (CASTENÃDE, 2009).

O presente estudo teve por objetivo levantar relatos bibliográficos acerca do uso do Hibisco sabdariffa L. e seus benefícios para a saúde, assim como as suas propriedades antioxidantes na prevenção do envelhecimento cutâneo. Foram utilizados dados levantados em artigos e bibliotecas virtuais em bases indexadas como Scielo, PubMed, LILACs, datados a partir de 2005, para a realização do estudo.

www.ervasquecuram.com.br


REFERÊNCIAS

Núcleo do conhecimento: Multidiciplinary Scientific Jornal